22/03/2013 às 14h10

Carlos Mariucci propõe fim de dupla função para motoristas do transporte coletivo

Os trabalhadores ligados ao Sinttromar manifestaram apoio à iniciativa.

Assessoria de Comunicação - carlosmariucci@cmm.pr.gov.br
O vereador Carlos Mariucci (PT) quer que seja proibida a dupla função dos motoristas de ônibus do transporte coletivo em Maringá, que hoje acumulam a função de cobradores.

O Projeto de Lei prevê a cassação da concessão da empresa caso a medida seja descumprida, de forma recorrente, após aplicação de advertência seguida de multa. 

“Trata-se de uma questão que desrespeita não apenas o funcionário, mas também quem usa o transporte coletivo e a todos nós que de uma forma ou outra somos trânsito em determinado momento do dia. A nossa segurança está em risco”, afirmou o parlamentar. 
A proposta tramita pelo legislativo e aguarda para entrar na pauta de votação. Quarta-feira (20) o vereador Carlos Mariucci se reuniu com a diretoria do Sindicato dos Motoristas Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Empresas de Transportes de Cargas, Passageiros Urbanos, Motoristas, Cobradores de Linhas Intermunicipal, Interestadual e de Turismo e Anexos de Maringá (Sinttromar). 

Os trabalhadores ligados ao Sinttromar manifestaram apoio à iniciativa. 

“Ao contrário da legislação nacional, que diz claramente que o motorista não pode falar ao celular enquanto dirige, o motorista do transporte coletivo de Maringá é obrigado a fazer cobrança, contar dinheiro, dar troco. Isso não pode continuar.”